XVI ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA ORAL - PANDEMIA E FUTUROS POSSÍVEIS

25 Jul 2022 0 comment

A Associação Brasileira de História Oral (ABHO) tem a alegria de convidar a comunidade de pesquisadores de diversas áreas do conhecimento humano, professores e público interessado de todas as regiões do Brasil para o XVI Encontro Nacional de História Oral, que terá como sede a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O evento ocorrerá de 25 a 28 de julho de 2022.

O XVI Encontro Nacional de História Oral: Pandemia e Futuros Possíveis tem como objetivo promover diálogos entre o meio acadêmico e a sociedade em geral em tempos atravessados pela pandemia e ameaça à democracia. Quais os desafios do movimento de história oral face à pandemia distópica que nos faz repensar nossa prática de pesquisadores comprometidos com a reconstrução de nosso país e do mundo? Nos propomos a pensar o tempo presente e em que medida as memórias recolhidas e construídas por nós criam novos saberes e nos ajudam a ter esperança, nos mostrando caminhos de (re)existências, solidariedades e ações que possam contribuir no enfrentamento dos novos desafios e na invenção de novas utopias.

A história oral nos convoca a pensar nas possibilidades de futuro, com justiça social e melhores condições de vida para todos e todas. Ouvir a música do silêncio, amplificar as vozes das classes marginalizadas, dos sem-terra, dos sem-teto, dos que passam fome, dos movimentos sociais que lutam por um Brasil para o povo, dos educadores e educandos, dos indígenas, das mulheres, dos negros, dos LGBTQIA+ , dos artistas, cientistas e de nossas crianças, para que elas aprendam com as narrativas do tempo presente a construir outros futuros.

Para abordar temas relativos à trajetória da História Oral e seus desafios metodológicos, políticos, socioculturais e tecnológicos no tempo presente e nos mais variados espaços públicos, numa perspectiva interseccional, decolonial e interdisciplinar, o evento contará com a presença de professores da Educação Básica, profissionais de espaços de memória, pesquisadores e professores universitários, brasileiros e estrangeiros, além de membros dos movimentos sociais e de tradições culturais, com a finalidade de compartilhar pesquisas acadêmicas, vivências coletivas e experiências diversas.

Além da conferência, das mesas-redondas e da entrevista pública de encerramento, os(as) inscritos(as) também poderão participar de minicursos, fórum dos coletivos de História Oral, simpósios temáticos, lançamentos de livros e atividades culturais.

Informações adicionais

  • Período: 25 a 28/07/2022
  • Local: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Fundação Getúlio Vargas (FGV)