REVISTA ESPACIALIDADES

"Ditaduras e seus espaços de repressão"
A ditadura é marca presente ao longo de toda a história humana. Caracterizada por ser um regime governamental no qual todos os poderes do Estado estão centralizados na figura de um indivíduo ou grupo, bem como pela supressão das liberdades individuais. Por necessidade de sobrevivência, tal modelo político tem a exigência de suprimir tudo o que considere uma possível ameaça a sua existência, por isso sua força coercitiva incide diretamente nos mais diversos aspectos espaciais da sociedade.
Escopo da Revista Espacialidades, a relação entre História e Espaços compõe um dos variados campos de inquirição da práxis histórica, destarte, o presente dossiê tem por objetivo suscitar as discussões acerca das ditaduras e seus reflexos na constituição do que tratamos como "espaços de repressão". Em suma, pretendemos redescobrir a história das ditaduras para além de suas conjunturas temporais, mas, também, percebendo suas conjunturas espaciais e, por conseguinte, as repercussões na realidade, logo, na história.
Assim, serão recepcionadas as pesquisas que desenvolvam abordagens sobre a ditadura e suas relações, dilemas, representação e imaginário com os diferentes âmbitos espaciais, especialmente, os espaços de repressão.
Serão aceitas também contribuições em forma de resenha, entrevista, fontes, traduções e resumos de teses e dissertações, além de artigos com temáticas diversas para compor a sessão livre do Volume 15, nº 1 da Revista.
A data final para submissão é 27 de junho de 2019. Lembramos que as contribuições devem ser enviados para o email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e estar nas normas da revista, presentes no site http://xn--peridicos-86a.ufrn.br/espacialidades.
Para maiores informações, entrar em contato pelo e-mail ou enviar mensagem para a página do facebook “facebook.com/espacialidades.revista/”.

Informações adicionais