REVISTA DISCENTE DE HISTÓRIA, FACES DA HISTÓRIA

Publicado em 1978, Orientalismo. O Oriente como invenção do Ocidente, de Edward Said, tornou-se um marco nos diversos campos das humanidades, frente aos estudos que levariam o Oriente Médio e, consequentemente a história da Ásia, para um foco que nas últimas décadas ampliou-se em problematizações que inauguraram os estudos pós-coloniais. Outrossim, as inovações e as perspectivas teórico-metodológicas apontaram para revisionismos sobre leituras, interpretações e práticas interdisciplinares referentes ao sujeito histórico “oriental”, ao mundo islâmico, às sociedades do sul e do sudeste asiático, além do extremo Oriente. Seguindo as tendências, O Império asiático português (Subrahmanyam, 1993) corroborou com os avanços historiográficos, um dos exemplos da inclusão de autores diaspóricos no cenário global, e da presença de uma produção acadêmica de origem nos países asiáticos nas bibliografias sobre a Ásia. Temas como o Movimento Satyagraha, o milagre japonês do pós guerra, a Conferência de Bandung, a Guerra do Vietnã, a Palestina, a Revolução Iraniana, a Primavera Árabe, as conexões afro-asiáticas, entre outros, concomitantemente cruzaram-se com as questões dos nacionalismos e dos fenômenos recentes de ordem política, econômica e social como as transformações econômicas na China, a emergência dos Tigres Asiáticos e posteriormente dos BRIC’s, os conflitos sobre o petróleo, os fundamentalismos religiosos e a geopolítica internacional. Como área de potencial crescimento e em construção no Brasil, as pesquisas mais recentes em História da Ásia tem contribuído com os diálogos, as pautas e as demandas de temas e questões incontornáveis para se compreender o mundo moderno e contemporâneo. A partir deste panorama e considerando a proximidade dos 40 anos da primeira edição de Orientalismo, este dossiê abre-se para propostas cujos temas de investigação estejam relacionados aos estudos asiáticos no Brasil nas suas mais amplas abrangências e períodos, no campo da investigação acadêmica sobre a História da Ásia, em suas articulações históricas, geográficas e políticas, e do Oriente nos seus desdobramentos em África e em Ásia como campo de pesquisa e de conhecimento.

Informações adicionais

  • Tema: Os estudos de Ásia e do Oriente no Brasil: objetos, problemáticas e desafios
  • Prazo: 22/07/2019