REVISTA HISTÓRIA UNICAP

Nas últimas décadas, no Brasil e na Amárica Latina, a historiografia das infâncias tem se preocupado em analisar a questão dos Direitos Humanos e sua interface o público infantojuvenil, problematizando as mudanças e permanências que norteiam os processos políticos, legais e as ações socioassistenciais. Do tempo da caridade ao que podemos chamar de "era dos direitos", diferentes práticas discursivas e sociais foram produzidas no sentido de conceber a criança como objeto dos interesses adultos ou de reconhecê-las como sujeitos de direitos. Este Dossiê tem o objetivo de reunir trabalhos de pesquisadores e pesquisadoras do Brasil e da América Latina, que vêm se dedicando em investigar a relação entre as infâncias e os direitos humanos, em diferentes tempos e espaços. A partir de uma abordagem (inter)transdisciplinar, pretendemos reunir investigações que contemplam a atuação dos movimentos sociais, as políticas públicas e legislações, as propostas educacionais e da assistência social, contemplando, e a participação das crianças e adolescentes nesses processos de mobilização em defesa dos Direitos Humanos na História e no Ensino de História. Pretendemos, com este Dossiê, visibilizar o campo da História das infâncias e das juventudes na América Latina (e suas repercussões nas historiografias e no saber histórico escolar), contribuindo com o fortalecimento das mobilizações políticas em defesa da vida digna de nossas crianças e adolescentes.

Coordenadores

Prof. Dr. José Carlos da Silva Cardozo – Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
Prof. Dr. Humberto da Silva Miranda – Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

Prazo final para submissão: 31 de maio de 2022

Endereço para submissão: https://www1.unicap.br/ojs/index.php/historia/about/submissions

Edição: v. 9, n. 17, 2022, Dossiê História, Infâncias e Direitos Humanos.

Informações adicionais