REVISTA INTERAÇÃO

Dossiê: Doenças do corpo e da alma: História, Religião e saberes médicos na Idade Média

Prazo final de envio: 20 de março de 2024

Editores convidados: Armênia Maria de Souza e Hugo Rincón Azevedo

Diante da necessidade cada vez mais premente de se estudar os aspectos ligados ao sagrado e suas interrelações com imaginário, surgiu a ideia de montar um dossiê que agregasse estudos acerca das aproximações entre religião e História na Idade Média, bem como acercar-nos dos conceitos de saúde e doença do corpo e da alma a partir da noção de pecado. O pecado dá origem uma série de práticas rituais individuais e coletivas – o batismo, a confissão, o jejum, a punição corporal, a oração, a peregrinação (CASAGRANDE; VECCHIO, 2000), além de se trazer a ideia de que sua prática seria responsável por doenças, inclusive as contagiosas. Em Agostinho, é o pecado que introduz o ser humano nesta situação letal de fratura. O pecado é a quebra na aliança com Deus e o fechamento em si mesmo. Tal situação agrega a angústia e os males psicológicos gravados na memória coletiva, em razão da ideia de que a morte é causada pela prática do pecado. Saber como esse imaginário afetava o cotidiano das pessoas, uma vez que a concepção de pecado estava arraigada no pensamento dos medievais é um dos objetivos desse dossiê.

Informações adicionais

  • Tema: Doenças do corpo e da alma: História, Religião e saberes médicos na Idade Média
  • Prazo: 20/03/2024