Subsídios para o entendimento do material educacional digital implantado em abril de 2023 nas escolas da rede pública estadual de São Paulo

A ABRALE realizou, com apoio de  14 autores, a análise do material didático adotado no Estado de São Paulo. O estudo revela o que chama de " abundância de incorreções conceituais, técnicas e pedagógicas em slides para um mês de aulas". Infelizmente, como sabemos, a disciplina de História tem sido, ao longo do tempo, uma vítima preferencial de erros conceituais e factuais. Mas, não só, pois também tem sido objeto de ataques por grupos que pretendem impor uma revisão ideológica do passado suprimindo ou distorcendo os acontecimentos.

A análise do material paulista está atenta tanto aos conteúdos quanta às atividades de aprendizagem propostas. São identificados vários problemas: excesso de conteúdos; inadequação ao público escolar; ausência de fundamentos didático-pedagógico da área; etc. Trata-se de uma material "pobre": "pobre em imagens, mapas e documentos e de uma pobreza extraordinária em termos de atividades."

A análise empreendida acende o alerta sobre a necessidade de uma revisão rigorosa do material utilizado nas escolas do Paraná, que adota o mesmo modelo de plataformização do ensino. 

Nossa entidade está bastante preocupada, não apenas com os conteúdos e atividades. Mas, com a própria política em curso e seus impactos nas escolas e na profissão docente. Esperamos, em breve, promover ações efetivas de debate público sobre o tema.

 

Confira o material da ABRALE no link:https://abrale.org/analise-critica-do-material-didatico-do-estado-de-sao-paulo/

WhatsApp Image 2023 08 31 at 20.51.48 

LOGO ANPUH PARANÁ