XIX ENCONTRO REGIONAL DA ANPH-PR

O Encontro Regional de História promovido pela Associação Nacional de História - Seção Paraná - ANPUH Paraná, chega à sua 19ª edição em 2024. 

Neste ano de 2024 o evento foi acolhido pelo Curso de História da Universidade do Norte do Paraná, de Jacarezinho, e será realizado entre os dias 25 e 28 de setembro.

Nesta edição reuniremos a comunidade de historiadores (incluindo graduandos, pós-graduandos, docentes dos Cursos de História e da Educação Básica), pesquisadores de outras áreas, e teremos presença de atores de segmentos sociais dos povos originários e comunidades tradiconais para promover debates, trocas de experiências, e fomentar a produção e difusão de pesquisas e do conhecimento histórico em seus diferentes domínios.

Para tanto o XIX Encontro Regional da ANPUH-PR enfeixará e promoverá a integração de três (3) eventos numa programação única e articulada:

a) Semana de História da UENP (tradicional evento do Curso de História da Universidade do Norte do Paraná);

b) II Encontro ANPUH-PR Educação (segunda edição do evento que reúne historiadores, pesquisadores do ensino de História e docentes da Educação Básica); e

c) I Encontro da Rede Paranaense de Arquivos e Centros de Documentação ( organização recém-formada que integra centros de guarda e memória vinculados às Instituições de Ensino Superior Públicas do Estado do Paraná).

O tema da presente edição é "Emancipações: sujeitos e territórios".

Trata-se de temática ampla e complexa que perpassa distintos planos, desde o pessoal ao social, atravessa os mais diversos campos da política, da sociedade, da cultura e da economia, e cruza diferentes escalas desde o corpo/território até o planeta. O evento, assumindo esta complexidade, busca entender a potencialidade plural das emancipações ao trazer reflexões necessárias sobre a dialética entre formas de dominação e ações de emancipadoras, suas tensões e dinâmicas, nos mais diferentes contextos e situações históricas. Na atualidade, trata-se de pensar nos sentidos históricos do termo, seus usos sociais, políticos e culturais, sua força como noção disponível aos mais distintos sujeitos para lutarem contra injustiças, violações, formas de dominação e exploração, das existentes no passado, e que ecoam e são reformuladas no presente e para o futuro.

Teremos Conferências, Mesas-Redondas, Simpósios Temáticos (inclusive de IC, PIBID e Residência Pedagógica para graduandos); Rodas de Conversa; e uma programação cultural. Programa-se!

Em breve serão lançadas as circulares para inscrições e o site do evento.

Até lá!

Comissão Organizadora.