BRASIL NO OLHAR DOS VIAJANTES

Há dois anos estão produzindo uma série sobre História do Brasil chamada Brasil no Olhar dos Viajantes, que conta com a participação de professores de História e Sociologia de diferentes universidades do país. Ao todo foram quatro episódios e no próximo mês estreia o último da série. Brasil no Olhar dos Viajantes trata da questão da identidade nacional a partir de relatos feitos por estrangeiros desde o descobrimento até as grandes expedições científicas do século XIX e revela a influência que esses relatos tiveram na construção da nossa imagem. A produção audiovisual é inédita no Brasil e traz textos e imagens raros sobre a história do país.  Segue abaixo o release do 3º episódio que estreia sábado, 10/05, 21h30.  O 4º e último episódio estreia no dia 07/06. 

 

 A INVASÃO DO BRASIL

TERCEIRO EPISÓDIO DA SÉRIE BRASIL NO OLHAR DOS VIAJANTES

 

No dia 10 de maio, às 21h30, a TV Senado estreia o terceiro episódio da série Brasil no Olhar dos Viajantes.  Às vésperas dos grandes eventos esportivos que atraem a atenção de milhões de pessoas para o Brasil e para os brasileiros, a série retoma a questão da identidade nacional a partir de relatos feitos por estrangeiros desde o descobrimento até as grandes expedições científicas do século XIX e revela a influência que esses relatos tiveram na construção da nossa imagem.

Nos dois primeiros episódios da série, os espectadores puderam assistir à transformação de um Brasil selvagem em uma colônia promissora de Portugal, fonte de ouro e riquezas naturais. Entre a chegada dos primeiros navegadores e as várias tentativas de colonização do território brasileiro por franceses, holandeses e outros estrangeiros, foram produzidos muitos registros sobre o Brasil. Cercado por mitos e lendas, os relatos narravam as aventuras daqueles que cruzaram o Atlântico em busca do “paraíso terrestre” e se depararam com essa terra exuberante, “cheia de todo gênero de feras” e habitada por homens que viviam “como animais irracionais”, sem nenhum traço de civilidade, como os próprios viajantes descreveram. 

Mas foi no século XIX que as informações sobre esse lugar ainda tão pouco conhecido multiplicaram-se significativamente. Após 300 anos de isolamento, a vinda da família real para o Brasil, em 1808, trouxe, entre outras coisas, a abertura do país para o resto do mundo. As guerras napoleônicas e a curiosidade em torno das Américas provocaram uma invasão de estrangeiros nos portos da colônia. E são eles os protagonistas do terceiro episódio.

Diplomatas, comerciantes, curiosos, artistas independentes ou contratados pela coroa portuguesa e também naturalistas de várias partes do mundo percorreram regiões inexploradas do interior do Brasil e passaram longos meses nas principais cidades brasileiras. Com uma vasta coletânea de informações e materiais, muitos deles  publicaram verdadeiros tratados sobre a vida na colônia. A natureza, as relações sociais fundadas no modelo escravagista, a diversidade de tipos humanos e seus hábitos “pouco civilizados” para o olhar europeu ocuparam páginas e páginas de seus registros. O Brasil tornou-se, então, cenário de incontáveis livros e quadros que apresentavam em detalhes essa terra agraciada por sua riqueza natural e pela beleza de suas paisagens, em contraste com os costumes de sua gente, “alegre”, “cortês”, porém muito “ignorante” e “rude”. 

A partir da história desses personagens épicos, contada por meio de textos e imagens raras, o terceiro episódio da série Brasil no Olhar dos Viajantes  permitirá ao espectador lançar o olhar sobre o passado e encontrar, muito além de fatos, datas e nomes, traços de sua própria identidade.

 

 

INFORMAÇÕES

 

Brasil no Olhar dos Viajantes – Episódio 03 – século XIX

Ano de Produção: 2014

Estreia: dia 10 de maio, às 21h30

Direção: João Carlos Fontoura

Duração (episódio): 55 min

Reprises: 11/05 – domingo – 12h30 / 17/05 – sábado – 3h30 / 18/05 – domingo – 20h30

Episódio 04 (século XIX) - 07/06às 21h30

 

Entrevistados: Jean Marcel de Carvalho, Ronaldo Vainfas, Carmem Lícia Palazzo, Pedro Alvim, Paulo Knauss, Pedro Corrêa do Lago, Carlos Martins, Victor Leonardi, Dirceu Franco, Karen Macknow Lisboa, Maria Angélica Madeira, Mariza Veloso.

 

Filmografia: João Carlos Fontoura é jornalista, produziu e dirigiu vários documentários pela TV Senado, entre eles: Caminho da Luz (2005), um diário de viagem sobre a subida ao Pico da Bandeira em Minas Gerais; Machado de Assis - A Crônica e a História (2006), que apresenta as crônicas do escritor na segunda metade do século XIX; A Constituição da Cidadania (2008), um documentário sobre a Assembleia Nacional Constituinte; De Batutas e Batucadas (2009), que resgata um importante trabalho do compositor Heitor Villa-Lobos; Nabuco.doc (2010), documentário sobre a vida e a obra de Joaquim Nabuco; e a série Brasil no Olhar dos Viajantes (2012), uma produção inédita a respeito dos relatos de estrangeiros sobre o Brasil.